top of page

Síndrome da Rede Axilar - Complicação Frequente Após as Cirurgias por Câncer de Mama com Dissecção A

Atualizado: 31 de mar. de 2021


aws.png

O câncer de mama é a ainda a maior causa de morte entre as mulheres. O tratamento cirúrgico é o tratamento de escolha, sendo necessária a retirada da mama e realização da Biópsia do Linfonodo Sentinela (BLS) ou Linfonodectomia Axilar (LA). Ambos os procedimentos podem trazer seqüelas que afetam sobremaneira a qualidade de vida das mulheres.

A Síndrome da Rede Axilar (SRA) é uma complicação comum e pode acontecer nas primeiras semanas de pós-operatório. É caracterizada por cordões fibróticos na região da mama e/ou axila que pode se estender até o punho e ainda parede abdominal ocasionado importante diminuição da amplitude de movimento e dor. Estudos relatam sua maior incidência após a LA (30 a 80%) quando comparada a BLS (20%). Embora a freqüência da síndrome da rede axilar seja alta, ela é pouco relatada na literatura.

A causa desta síndrome parece estar relacionada com a lesão de linfáticos no momento da cirurgia, colocando esta complicação como sendo de origem linfático-venosa com bloqueio ou diminuição de fluxo. Achados histológicos demonstraram vasos linfáticos trombosados e dilatados e distribuídos através da rede linfática, fato este que leva a acreditar ser um evento angiolinfático.

A literatura demonstra que a SRA pode ter uma resolução espontânea em 3 meses, no entanto, neste período ela é extremamente limitante, causando importante quadro de dor e redução da amplitude de movimento. Não há na literatura um consenso entre a melhor técnica a ser usada pelos fisioterapeutas para seu tratamento, no entanto, sabe-se do importante papel da Fisioterapia na resolução da Síndrome, através da realização de exercícios, alongamentos, manipulação dos tecidos moles, deslizamento miofascial e orientações para o auto-cuidado.

Fonte: W.J. Fourie, K.A. Robb / Physiotherapy 95 (2009) 314–320;Bergmann, A. et al. Breast Cancer Res Treat, 2011

4.687 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page