O Linfotaping® é uma das formas de aplicação das bandagens elásticas neurofuncionais para problemas de origem circulatório-linfáticas. Através da colocação das bandagens (material de textura e elasticidade semelhante a da pele) a pele é “elevada”, desta forma os filamentos de ancoragem (que abrem os vasos linfáticos iniciais) são tracionados, permitindo a entrada de substâncias, até então congestionadas no interstício (espaço entre os tecidos abaixo da pele), para estes vasos, estimulando também a movimentação destas substâncias através de todo o sistema linfático, favorecendo a sua absorção.

 

A aplicação do Linfotaping® tem seus efeitos fisiológicos incluindo diminuição de dor, suporte aos movimentos musculares, diminuição da congestão linfática ou hemorragias abaixo da pele. A técnica pode ser utilizada em cicatrizes hipertróficas, que apresentam fibroses, e também em regiões com hematomas, favorecendo rapidamente sua absorção.

 

O Linfotaping® oferece ótimos resultados para aqueles que apresentam linfedema de consistência mais “dura” (com mais

fibrose), amolecendo a região, facilitando a movimentação linfática. Para aqueles que apresentam linfedema/edemas em áreas menos acessíveis aos tratamentos tradicionais, como a face, onde as manobras e técnicas descongestivas são de certa forma desconfortáveis, artigos relatam os benefícios da técnica e a colocam com mais uma possibilidade no tratamento dos edemas e linfedemas. 

 

Em pós operatórios de cirurgias plásticas o Linfotaping® diminui fibroses, aderências, edemas, retrações e pode ser usado nos primeiros dias de pós operatório com excelentes resultados. Pode ser utilizado ainda em celulite, favorecendo o fluxo linfático, melhorando o aspecto da pele e diminuindo as fibroses.

 

Embora o uso do Linfotaping® seja recente, tem seus efeitos comprovados na prática clínica, e em publicações importantes demonstrando seu uso com evidências científicas. É importante ressaltar que a técnica deve ser aplicada por Fisioterapeutas habilitados com formação específica no método.

Linfedema Pós-Mastetomia

Linfedema Pós-Mastetomia

Fibrose Abdominal

Fibrose Abdominal

Linfedema em Face

Linfedema em Face

Cicatrizes

Cicatrizes

Celulites

Celulites

Linfedema em Membro Inferior

Linfedema em Membro Inferior

Constipação Intestinal

Constipação Intestinal

Edema em Pé

Edema em Pé

© 2021 Prof. Dra. Mirella Dias | ® 2021 Linfotaping é marca registrada no INPI

Todos os direitos reservados | All rights reserved | Brasil

  • Wix Facebook page
Linfedema Pós-Mastetomia

O Linfedema é uma sequela bastante comum após as cirurgias para tratamento do câncer de mama. O Linfotaping pode ser aplicado diretamente no linfedema, bem como nas anastomoses linfáticas direcionando o edema para áreas livres. Tem bons resultados em edemas “duros” e pode ainda ser associado ao enfaixamento compressivo.