top of page

Linfotaping no Tratamento do Linfedema após Tratamento Cirúrgico do Câncer de Mama

Atualizado: 31 de mar. de 2021


mir-Linfotaping-EdemaMembroSuperior.jpg

O linfedema ocorre quando há uma falha no sistema linfático. O Sistema Linfático assim como o Venoso é uma circulação de retorno e tem a função de defender nosso organismo de agentes nocivos, bem como coletar excesso de bactérias, produtos do metabolismo, proteínas grandes e devolver à circulação sanguínea.

O Linfedema no braço ou mama pode ser causado por uma deficiência no fluxo linfático após uma mastectomia com remoção dos linfonodos axilares, radioterapia, aderências cicatriciais ou ainda por compressão tumoral, infecções entre outros. O Linfedema pode aparecer imediatamente ou ainda muitos anos após a mastectomia ou ressecção dos linfonodos. O Linfedema não tem cura, mas pode ser reduzido e controlado com recursos fisioterapêuticos específicos e auto-cuidado.

O linfotaping é uma bandagem elástica que pode potencializar os atuais tratamentos para o linfedema como a Fisioterapia Complexa Descongestiva. O Linfotaping tem a propriedade de elevar a pele e favorecer a abertura das vias linfáticas superficiais na área afetada, impulsionado o fluxo linfático, isto é muito importante pois, possibilita direcionarmos o fluxo para as áreas livres e prontas para reabsorver o edema.

O Linfotaping continua a facilitar o fluxo linfático por 3-5 dias durante seu uso. A contração muscular é muito importante na função dos vasos linfáticos, pois facilita a resposta contrátil através do movimento e conseguimos esta resposta com o Linfotaping posicionado de forma a facilitar o movimento de músculos fracos e inibir a musculatura tensa. Em outras palavras o linfotaping pode acelerar a redução do linfedema por melhorar a função muscular dos pacientes permitindo movimentos mais livres do tronco, pescoço e membros.

O linfotaping pode também ajudar na redução do linfedema em mama e membro superior, através da correção postural da região da cabeça e pescoço, ombros e tronco, onde promove uma abertura das vias linfáticas promovendo uma melhor drenagem nesta região. Facilita também a drenagem nas vias linfáticas profundas do tronco por promover uma melhor respiração e uso do diafragma.

O tratamento do Linfedema deve ser realizado por um profissional especializado na área bem como certificado para a aplicação do Linfotaping, devendo conhecer profundamente a anatomia linfática a fim de assegurar o direcionamento e absorção da linfa nestes casos.

2.154 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page